Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Propósito de Quase Tudo: opiniões, factos, política, sociedade, comunicação

Aqui vocês, podem encontrar de tudo um pouco: sociedade, ambiente, comunicação, crítica, crónicas, opinião, política e até gastronomia, com apoio de fontes fidedignas.

Memórias do esquecimento

06.03.24 | Manuel_AR

 

Jornais_memórias.png

A direita, de vez em quando, recua ao passado para atacar o PS, mas, ao mesmo tempo, Montenegro diz que Pedro Nuno está sempre a lembrar o passado do PSD e da PàF (a versão 1.0 da AD) com que Montenegro diz querer reconciliar os portugueses tentando varrer o passado da memória dos portugueses.
Em baixo seguem as Aventuras e as Desventuras do PSD/AD (versão 1.1) para que Montenegro bem se recorde:

 

Público — Jan 2023

Montenegro fez dez contratos por ajuste direto com as câmaras de Espinho e Vagos

Entre Fevereiro de 2014 e Janeiro de 2022, a sociedade de advogados de que o presidente do PSD era sócio faturou

679 mil euros em contratos com entidades públicas.

https://www.publico.pt/2023/01/11/politica/noticia/montenegro-fez-10-contratos-ajuste-directo-camaras-espinho-vagos-2034584

---------------------------

Diário de Notícias

O Banco Português de Fomento (BPF) contratou a empresa de Luís Montenegro por ajuste direto. Segundo

a SIC, "a instituição pública adjudicou serviços no valor de 100 mil euros” à sociedade que é detida pelo atual

candidato à liderança do PSD.

https://www.dn.pt/dinheiro/banco-de-fomento-contratou-empresa-de-luis-montenegro-por-ajuste-direto-14875668.html/

---------------------------

Observador Jan 2019

A revista Sábado escreve que Luís Montenegro ésuspeito de ter falsificado documentos que serviam de

prova à forma como pagou — e quando pagou — as viagens que fez a França para assistir a jogos do Europeu de Futebol de 2016.

https://observador.pt/2019/01/16/galpgate-luis-montenegro-suspeito-de-falsificacao/

------------------------------

Expresso

Uma testemunha revelou hoje em tribunal que Oliveira e Costa vendeu, em 2001, a Cavaco Silva e à sua filha 250

mil ações da Sociedade Lusa de Negócios, a um euro cada, quando antes as adquiriu a 2,10 euros cada à offshore Merfield.

https://expresso.pt/economia/bpn-oliveira-costa-vendeu-a-cavaco-e-filha-250-mil-acoes-da-sln=f643506

--------------------------

Expresso

A passagem de Cavaco Silva pela Sociedade Lusa de Negócios (SLN), como acionista, foi lucrativa. O Presidente da República (PR) vendeu em Novembro de 2003 as 105.378 ações que tinha da SLN - empresa que até Novembro controlou o Banco Português de Negócios (BPN) -, por 2,4 euros cada. Tendo em conta que as tinha comprado em 2001 por um euro, Cavaco obteve, com este negócio, ganhos de 147,5 mil euros.

https://expresso.pt/economia/cavaco-ganhou-147-mil-euros-com-acoes-da-sln=f517787

----------------------------

Correio da Manhã

Justiça investiga venda do Pavilhão Atlântico a genro de Cavaco Silva. Suspeitas de favorecimento a Luis Montez com o conluio de Ricardo Salgado e Zeinal Bava.

16 de Fevereiro de 2019

O negócio da venda do Pavilhão Atlântico (PA), em Lisboa, a Luis Montez, dono da Música no Coração e genro de Cavaco Silva, está a ser investigado pela Justiça por suspeitas de favorecimento.

O equipamento, que custou ao Estado cerca de 50 milhões de euros, foi vendido ao consórcio Arena Atlântico por

21,2 milhoes em 2012. O governo PSD-CDS optou por negocliação particular em vez de concurso público, num

processo quase secreto.

https://www.cmjornal.pt/cultura/detalhe/justica-investiga-venda-do-pavilhao-atlantico-a-genro-de-cavaco-silva

-----------------------------

Expresso

De acordo com o relatório do gabinete antifraude da Comissão Europela, “o montante a recuperar" pelas Instituições — europeias, devido às irregularidades detetadas na Tecnoforma, ascende a 6.747.462 euros Uma investigação levada a cabo pelo gabinete antifraude da Comissão Europeia (OLAF) chegou a conclusões muitos diferentes das do Ministério Público no casoTecnoforma, empresa onde Pedro Passos Coelho foi consultor e administrador, avança o “Público” esta segunda-feira.

https://expresso.pt/revista-de-imprensa/2017-11-13-Tecnoforma.-Bruxelas-contraria-decisao-do-Ministerio-Publico-e-diz-que-houve-fraude

---------------------------------

Jornal de Notícias

De acordo com documentos publicados pelo jornal "Público", Pedro Passos Coelho pediu a atribuição do subsídio de reintegração a 27 de outubro de 1999, já depois de terminada a legislatura, ao contrário do que era habitual. Num outro documento, datado de 17 de Fevereiro de 2000, Pedro Passos Coelho informa que desempenhou "as funçoes de deputado da VI e VII Legislaturas, em função de exclusividade”.

Os serviços da Assembleia da República registaram, a 15 de março de 2000, "que Passos Coelho não tinha enviado

as declarações de IRS referentes ao período 1995-99, que se destinavam a comprovar que não tinha auferido rendimentos — incompatíveis com o regime de exclusividade - entre 1991 e 1995 o subsídio não dependia

desse regime", escreve o “Público”.

https://www.jn.pt/i/4144827.html/passos-assinou-documento-a-declarar-exclusividade-para-receber-subsidio-4144435.html/

----------------------------

 Expresso

Maria Luís Albuquerque vai ganhar cerca de 5000 mil euros por mês no novo cargo como administradora não-executiva na Arrow Global. E a este valor vai somar osalário de deputada.

A Arrow Global foi uma das empresas que comprou dívida do Banif, banco cuja situação Maria Luís Albuquerque adiou a resolução, enquanto esteve no poder. Na semana passada, a notícia da contratação gerou de imediato uma forte polémica

https://expresso.pt/politica/2016-03-07-Maria-Luis-e-mais-38-deputados-tem-rendimentos-extra

--------------------------------

Expresso

Eduardo Catroga deverá receber cerca de 639 mil euros por ano, enquanto presidente do Conselho Geral e de Supervisão da EDP.

O economista Eduardo Catroga vai ganhar um salário de 45 mil euros/mês, ou seja, mais de 639 mil euros anuais,

enquanto presidente do Conselho Geral e de Supervisão da EDP, avança o Correio da Manha."

Catroga acumulará este salário com uma pensão de 9.600 euros.

O PS considerou que há um "conflito ético" na nomeação de Eduardo Catroga na EDP, uma vez que esteve

envolvido nas negociações com a trolka, que resultaram na privatização da empresa.

O ex-ministro social-democrata deverá ser eleito Presidente do Conselho Geral e de Supervisão da EDP na

assembleia geral da EDP, agendada para 20 de fevereiro.

https://expresso.pt/economia/catroga-vai-ganhar-836445-mil-por-mes=f698789

----------------------------

Observador

Junho de 2018

Fundo de Pires de Lima e Sérgio Monteiro entra na compra das torres da Altice em Portugal

Fundo criado por Pires de Lima e Sérgio Monteiro está associado ao consórcio da Morgan Stanley que chegou a

acordo para comprar torres de telecomunicações da Altice. Operação avaliada em 495 milhões.

https://observador.pt/2018/06/20/fundo-de-pires-de-lima-e-sergio-monteiro-entra-na-compra-das-torres-da-altice-em-portugal/

-----------------------

ECO

outubro 2019

Álvaro Covões e o fundo Horizon de Pires de Lima e Sérgio Monteiro compram o Campo Pequeno

O negócio deverá ser anunciado nos próximos dias. O empresário Álvaro Covões e o fundo Horizon, de Pires de

Lima e Sérgio Monteiro, ganharam o concurso do Campo Pequeno e só falta a assinatura.

https://eco.sapo.pt/2019/10/25/alvaro-covoes-pires-de-lima-e-sergio-monteiro-compram-campo-pequeno/

--------------------------

Diário de Notícias

Fevereiro 2017

Um grupo de funcionários das instituições europeias anunciou esta segunda-feira ter apresentado uma queixa

contra a Comissão Europeia devido à passividade com que foi encarada a ida para a Goldman Sachs do antigo

presidente, o português José Manuel Durão Barroso.

Segundo o Le FIgaro, que cita um comunicado enviado pelo coletivo, o grupo autointitulado "EU employees" -

funcionários da União Europeia em português - apresentou queixa Junto do mediador europeu, uma instância Independente encarregada de conduzir os Inquéritos nos casos de administração dolosa no seio das Instituições da União Europeia.

https://www.dn.pt/mundo/interior/funcionarios-da-ue-apresentam-queixa-contra-a-comissao-europeia-por-causa-de-durao-barroso-5664288.html/

---------------------

RTP

Durão Barroso deixou a Comissão Europeia em outubro de 2014, sendo substituído por Jean-Claude Juncker. Em

julho, foi tornado público que o ex-primeiro-ministro seria presidente não-executivo do Goldman Sachs Internacional, com o dossier da saída britânica da União Europeia.

https://www.rtp.pt/noticias/politica/barroso-goldman-sachs-e-portas-giratorias-no-parlamento-europeu_n963241

---------------------------------

Diário de Notícias

Fevereiro 2018

"Desde que está connosco [Durão Barroso] sempre se recusou a representar a empresa em quaisquer Interações com responsáveis da União Europela, garante o banco, acrescentando que 'qualsquer reuniões desse tipo estão relacionadas com a sua competência pessoal construída ao longo da sua carreira de serviço público”, avança ainda o Goldman Sachs.

https://www.dn.pt/mundo/goldman-sachs-garante-que-barroso-nao-estava-a-representar-o-banco-junto-da-ue-9132976.html/

------------------------------

Revista Sábado

Saco azul do BES também financiou Cavaco Silva António José Vilela, Carlos Rodrigues Lima.

04 de julho de 2019

Nas Presidenciais de 2011, Ricardo Salgado e outros elementos do Espírito Santo fizeram donativos para Cavaco Silva, num total de 253 mil euros. Mas acabaram reembolsados pela ES Enterprises

https://www.sabado.pt/portugal/detalhe/saco-azul-do-bes-tambem-financiou-cavaco-silva

----------------------------------

Expresso

Julho 2022

Antes da queda do BES, Cavaco disse que “portugueses” podiam “confiar no banco”: os acionistas fizeram queixa,

o MP arquivou-a.

https://expresso.pt/economia/2022-07-28-Antes-da-queda-do-BES-Cavaco-disse-que-portugueses-podiam-confiar-no-banco-os-acionistas-fizeram-queixa-o-MP-arquivou-a-20685737